Blog
10
ago
tempos de crise e segundo idioma

Oportunidades em tempos de crise: importância do segundo idioma

10 de Agosto de 2018 em Carreira e Mercado

A situação atual da economia brasileira assusta muitos empresários. Além de profissionais já inseridos no mercado de trabalho e todos os outros atingidos pela onda de desemprego. Se em tempos de crise a solução que muitos encontram foi o corte de gastos, detalhes cruciais podem passar despercebidos. Grande exemplo de investimento independentemente do momento é a educação bilíngue, o aprendizado de um segundo idioma. Para o mercado, destacam-se inglês e espanhol.

Dominar um segundo idioma é abrir caminho para a ascensão profissional. Neste artigo, você entenderá a importância do aprendizado para quem deseja traçar uma carreira dentro de multinacionais, ramo turístico ou quaisquer áreas que estejam ligadas ou não a estrangeiros. Ser fluente em inglês e espanhol é, acima de tudo, agregar cultura. E seja qual for o seu segmento comercial, esta qualificação tem grande potencial em processos seletivos.

Entenda a função do segundo idioma em tempos de crise

função do segundo idioma em tempos de crise

Antes privilégio, agora necessidade, o inglês ganhou destaque no mercado internacional. Também tornou-se a língua oficial dos negócios, item imprescindível na comunicação com o mundo. Não basta o conhecimento apenas no vocabulário para eventos corporativos específicos. As grandes empresas exigem o domínio da língua para candidatos a vagas e constantes atualizações nas qualificações para os contratados que almejam efetivarem-se. Estima-se que 80% das entrevistas em multinacionais são realizadas em inglês. Entretanto, apenas 11% dos entrevistados concluem com êxito – e apenas 3% de verdadeiros fluentes.

O inglês, em específico, já provou sua extrema importância e grande usabilidade no dia a dia por conta da globalização (afinal, é natural alguém fazer o download de um documento da internet no notebook e encaminhar para o pen drive e imprimir na lan house do shopping, certo?). A diferença é que no mercado de trabalho o idioma é diretamente solicitado e em tempos de crise pode ser a oportunidade para muitas pessoas. Pesquisas apontam que a diferença salarial entre um profissional qualificado e um não falante de um segundo idioma pode ultrapassar a marca de 60%.

alcançando o segundo idioma em tempos de crise

É evidente que o mundo comercial para quem domina a língua inglesa ou espanhola é bem mais amplo. Para quem não deseja trabalhar em multinacionais ou com turismo, a importância continua a mesma. Afinal, os tempos de crise são os mesmos para todos e o objetivo de ocupar bom lugar no mercado de trabalho também.

Investir na capacitação bilíngue em tempos de crise acarreta aprimoramento da qualificação cultural. Além disso, disponibiliza acesso à grande biblioteca online (onde grande parte do conteúdo está em inglês) e aumento da qualidade dedutiva e potencial de aprendizagem do cérebro. Uma das vantagens de ser bilíngue é a maior proteção cerebral em caso de danos.

Invista na sua qualificação

qualificação em tempos de crise

Como entendido neste artigo, ter um segundo idioma ajuda muito na sua colocação profissional no mercado de trabalho atual. Por isso, mesmo em tempos de crise, investir em qualificação sempre é apropriado. Não dispense o que pode alavancar sua carreira e agregar muitos benefícios, pessoais e profissionais para a sua vida.

Rompa barreiras culturais e faça parte de um curso de inglês para negócios e espanhol com metodologia premium. Conheça a Idiomátika. Somos uma escola de idiomas e oferecemos aos nossos alunos um plano de ensino e professores focados em ajudar a adquirir todo o conhecimento em inglês para negócios e espanhol para executivos. Navegue pelo nosso site para conhecer mais do nosso trabalho e entre em contato conosco.

Compartilhar:
Últimos artigosCategorias